Exactamente há uma semana atrás, encontrava-me a vestir, totalmente de branco, para ir ao muito aguardado Sensation, The Ocean of White. Camisa branca, calças brancas, uns ténis Adidas brancos, relógio Timberland de correia branca, enfim, um total look de branco, inclusive os meus óculos Try, que mudara as haste para a cor branca… Por isso, foi engraçado, ao chegar perto do Pavilhão Atlântico, ver uma afluência de pessoas, vindas dos mais variados sítios, todas vestidas de branco. Só aí comecei a sentir-me mais confortável…

Depois, foi entrar num ambiente envolvente, todo em tons de branco, concebido por Nini de Andrade. Um must! Uma vez aí chegado e encontrando alguns amigos, foi a vez de me dirigir Pavilhão adentro, através de um túnel psicadélico. E aí a surpresa foi ainda maior. Por todo o recinto, completamente inundado de pessoas de branco a dançar, via-se, ao centro, uma mega instalação de água, luz e som… Um DJ que ia animando as hostes, rodeado de medusas gigantes, que pendiam do tecto. Surpreendente! Mais amigos e uma bebida na mão, e tudo o resto eram movimentos de dança. Foram horas a fio a dançar... Acreditem, quem, tal como eu, foi ao Atlântico, no sábado passado, teve uma noite de arromba. Inesquecível! Nem a imposição da cor branca causou transtorno, muito pelo contrário. Gerou-se uma enorme onda de energia positiva, branca, pura…

O movimento era ininterrupto. Uns dançavam, outros bebiam, e a música seguia num crescendo, fazendo os corpos ficarem mais desinibidos, enntregandp-se ao ritmo contagiante que se fazia ouvir e sentir. Foi uma verdadeira overdose de dança. Oito horas seguidas, sem parar.

Este mega-espéctaculo de música e dança conseguiu a proeza de reunir cerca de 15 mil pessoas, numa só noite. E o sucesso foi tal, que a Hipereventos, empresa portuguesa que participou na organização do Sensation (idealizado pela ID&T, uma das maiores empresas holandesas organizadoras de eventos), anunciou mais três espectáculos anuais. Portanto, vamos ter Sensation até 2011, certamente com outras temáticas.
Este tipo de formato de espectáculo - música, dança, boa disposição, pirotecnia, jogos de água e de luz, inventado há 11 anos na Holanda, já percorreu as maiores salas mundiais, atingindo uma audiência global de um milhão de pessoas. Quanto à produção de sábado passado, dados apontam que o Sensation, The Ocean of White contou com uma equipa de quase duzentas pessoas, vindas até solo luso pela mão da vertente holandesa da organização, a que se juntaram mais 100 elementos nacionais, coordenados pela Hipereventos.

Lisboa viveu um espectáculo único! Coreografias cénicas e uma multidão acompanhadas pela música de alguns dos melhores DJ's mundiais e nacionais, tais como Erick E, Diego Miranda, MastikSoul, MEGAMIX, Sebastian Ingrosso, Felix da Housecat e Tocadisco. Cada um, à sua maneira, soube dar a melhor banda-sonora para o “fundo de mar” sensacional que se fez sentir no Pavilhão Atlântico. Diverti-me a valer. Espero vir a divertir-me assim, por mais três anos. Venham daí mais Sensation!!!

Etiquetas:

One Response so far.

Comente este artigo